Terceirizados demitidos da CCR bloqueiam BR-163 em São Gabriel do Oeste

Jackson Nogueira

Contra a demissão dos funcionários da empresa FBS, prestadora de serviço para a CCR MS Via, pagamento de salários atrasados em uma unica vez, e não parcelado em dez vezes como foi proposto , entidades ligadas a classes trabalhadoras bloquearam a BR 163, Km 644, nos dois sentidos, no município de São Gabriel do Oeste, próximo ao Posto Matadeira e Fazenda Avestruz.

Manifestantes bloquearam a rodovia com carregadeira

O congestionamento no momento é de aproximadamente 2 km em cada sentido. PRF está no local. Aguardando a presença de representantes da CCR para negociações.

A informação é de que iniciará um pare e siga no local, com liberação alternada de 15 em 15 minutos.

A CCR MSVia informou que um representante irá até o local para conversar com os operários. Há máquinas bloqueando a pista e aproximadamente 100 pessoas no local.

Paralisação

A CCR MSVia anunciou, no dia 12 de abril, a paralisação das obras de duplicação da BR-163, em Mato Grosso do Sul até que a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) analise o pedido de revisão para mudar as regras do contrato firmado com a União.

A concessionária quer mudanças para duplicar a rodovia ‘onde for necessário’ ao longo dos 30 anos de concessão, podendo terminar o período sem que toda a rodovia tenha sido duplicada. O pedágio vai continuar sendo cobrado mesmo com a obra parada.

O presidente da concessionária, Roberto Calixto, avaliou que a situação ocorreu “em função da crise financeira, da diminuição de receita que a concessionária.

Comentários