‘Tenho o privilégio de ser aplaudido e não xingado de ladrão nas ruas’, diz Odilon

Em entrevista a rádio Liberdade, de Paranaíba, localizada na região leste de Mato Grosso do Sul, o candidato a governo do Estado pelo PDT, juiz Odilon de Oliveira, ao ser questionado a opinião sobre a pesquisa do Ibope, ele disse estranhar o resultado, pois o colocou com uma rejeição de 15%, maior percentual desde que o pedetista anunciou sua candidatura.

“O juiz Odilon nunca teve grande rejeição, ela não passa de 4% num universo da população total do Estado. Em todos os lugares que eu vou, feiras livres, ruas e praças onde a gente anda fazendo campanha sou abraçado, sou interpelado pelas pessoas que querem me agradecer e tem um desejo enorme de me conhecer e eu gostaria que todos os candidatos tivessem o mesmo privilégio que o juiz Odilon tem, de andar na rua e ser aplaudido pela população, sem nenhum temor de ser xingado de ladrão, de desonesto, essa satisfação eu tenho”, afirmou ele.

O candidato também classificou a pesquisa como fantasiosa, já que nos levantamentos anteriores ele aparecia à frente do candidato a reeleição, Reinaldo Azambuja, do PSDB.

Odilon também lembrou que um dia depois da pesquisa do Ibope ser divulgada o IPR (Instituto de Pesquisa Resultado) publicou outra situação, que mostrou o pedetista na frente nas intenções de votos ao governo do Estado, com 26,75%, contra 25,33% do segundo colocado.

Comentários