Temporal faz estragos pela cidade e alagamentos de pontos sempre problemáticos

Lúcio Borges

Avenida Rachid Neder

A chuva em Campo Grande não pode cair com força que os estragos chegam junto e para grandes avenidas com total alagamentos de córregos mal planejados e ou mau conservados que transbordam. Na tarde desta quarta-feira (3), a realidade novamente veio a tona, deixando sem passagem e levando perigo a motoristas que ainda passavam no momento em locais como as Avenidas Rachid Neder com Ernesto Geisel; na Ricardo Brandão e Via Parque, pontos que nos últimos anos sofrem com as inundações, como podemos ver em imagens que Página Brazil recebeu de moradores das áreas e leitores em geral.

Veja abaixo algumas imagens em vídeos gravados do temporal que começou a cair por volta das 14h30, durando fortemente por quase uma hora,  que também provocou interrupções e estragos por toda cidade, e, até o Aeroporto Internacional está fechado para pousos e decolagens devido a água torrencial. A paralisação dos voos foi ratificada pela Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária).  Em poucos minutos, a chuva acompanhada de fortes rajadas de vento deixou rastro de destruição na Capital com queda de árvores, destelhamento de casas e alagamento de ruas com córregos transbordados,

Imagem da Avenida Via Parque

A reportagem vem recebendo imagem do temporal, que deixou rastro de prejuízos na Capital. Há relatos de ruas alagadas no Centro, as sempre quedas de árvores em bairros e até queda de telhados em hospitais, na Maternidade Cândido Mariano. Na rotatória da Avenida Rachid Neder com a Ernesto Geisel, a via está totalmente alagada. A imagem (capa) de cima é impressionante, com o córrego Segredo espalhado pela pista.

Conforme a Defesa Civil, há chamados de todas as regiões da cidade, como a queda de árvore na rua Padre João Crippa, no Bairro São Francisco; destelhamento da Escola Municipal Brígida Ferras, no bairro Jaci e alagamento no córrego perto do Shopping Norte Sul.

Córregos cheios e ruas viram rios

As imagens e informações dão conta que todos os córregos encheram. O Prosa, Sóter e Segredo, os principais de Campo Grande, e também o Rio Anhanduí transbordaram em consequência da forte chuva. A Via Parque, próximo ao Shopping Campo Grande, que virou problema nos últimos anos, ficou praticamente submersa. Em trecho da via, próximo do Parque das Nações, os carros ficaram submersos.

Rua dos Vendas

A água também invadiu a rua Nova Era, atrás da Uniderp, e segue para a Ricardo Brandão, onde fica o córrego Prosa. Os motoristas estão tendo dificuldades para desviar do trânsito. A Rua dos Vendas, no bairro Itanhangá Parque, a enxurrada cobriu até a metade dos veículos que transitavam na via.

Outros estragos

A avenida Ceará teve dois semáforos deixaram de funcionar, causando lentidão no trânsito. Outro, semáforo despencou devido a velocidade do vento na Rua da Paz com a Bahia, no Jardim dos Estados. Na região da avenida Tamandaré, no bairro Planalto, uma árvore de aproximadamente 12 metros caiu e bloqueia totalmente a rua Mercúrio. Ainda  na Tamandaré, mas no cruzamento com a Júlio de Castilho, motoristas precisam parar os veículos devido a forte enxurrada.

O bairro Aero Rancho registra destelhamento de casas, com passagem de ventania e força das águas.

Na Rua Brilhante, Vila Bandeirantes, perto do hipermercado Comper, a água acabou tomando conta da via. Os motoristas precisam de atenção redobrada. Em outro ponto do bairro uma árvore de aproximadamente 11 metros não resistiu a força dos ventos e caiu sobre a avenida Marechal Floriano. Sem vítimas, a árvore impede o fluxo de veículos.

Avenida Via Park, ao lado Parque das Nações onde lago transbordou
Imagem paranômica da Avenida Via Park e adjacências

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here