Temporal com ventos de quase 70 km/h derruba árvores e destelha casas na Capital

A chuva forte que atinge Campo Grande desde o fim da manhã desta terça-feira (08) já causou estragos e alagamentos em algumas regiões. Os ventos atingiram quase 70 km/h às 11h e derrubaram árvores em diferentes pontos da cidade. Uma de porte médio caiu na Avenida Alberto Saibin, entre as ruas São Gerônimo e Nossa Senhora da Bahia interrompendo o tráfego na região.

Árvore derrubada pelo vento, obstruiu rua e trecho ficou interditado

Árvore derrubada pelo vento, obstruiu rua e trecho ficou interditado

De acordo com o Corpo de Bombeiros, essa foi a segunda ocorrência de queda de árvore atendida somente na manhã desta terça-feira. O primeiro registrou ocorreu na Vila Carlota, nas imediações da Avenida Calógeras.

O vento forte assustou também moradores e comerciantes na Rua Miguel Couto na Vila Carvalho, pois uma árvore entortou e quase caiu sob um muro de um lava jato. Os moradores de um residencial no bairro Parati também estão assustados, pois a chuva destelhou algumas casas.

Conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), os termômetros devem registrar temperatura mínima de 18 ºC e máxima de 34 ºC em Mato Grosso do Sul.

O Alert-AS (Centro Virtual para Aviso de Eventos Meteorológicos Severos para o Sul da América do Sul), do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), mostra que há riscos de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios. A instabilidade deve ocorrer em 74 dos 79 municípios do Estado.

Bataguassu, Brasilândia, Iguatemi, Sete Quedas e Três Lagoas. Segundo o meteorologista, o fenômeno não deve voltar a ocorrer nesses municípios, no entanto, a instabilidade continua até o próximo domingo (13) podendo provocar pancadas de chuva em áreas isoladas e ventos fortes.

Comentários

comentários