Taxista é baleado, tenta fugir, mas não resiste e morre dentro do carro

Jôsa Mota de Oliveira, 44 anos, foi encontrado morto dentro de táxi em assentamento de Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande. Ele conduzia o veículo quando foi abordado, tentou fugir e foi baleado na cabeça.

Jôsa Mota de Oliveira, de 44 anos, foi encontrado morto na manhã de hoje por moradores do assentamento Geraldo GarciaFoto: Marcos Tomé/Região News
Jôsa Mota de Oliveira, de 44 anos, foi encontrado morto na manhã de hoje por moradores do assentamento Geraldo GarciaFoto: Marcos Tomé/Região News

De acordo com o site Região News, vizinhos teriam escutado disparos e viram um veículo Renault Logan passar em alta velocidade em estrada no assentamento Geraldo Garcia.

Era o taxista que foi atingido na cabeça, perdeu o controle e bateu em uma cerca. Sua casa, um imóvel inacabado próximo a MS-162, estava distante menos de 100 metros do local onde ele foi localizado sem vida e com o pé no acelerador.

Policiais tiveram que quebrar os vidros do veículo para desligar o veículo. Equipe da perícia criminal de Campo Grande esteve no local. O caso será investigado pela delegacia local.

Comentários

comentários