Tarifa do transporte coletivo ficará mais cara amanhã e valor será definido hoje

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) liberou nesta segunda-feira (19) o reajuste do valor da tarifa de ônibus em Campo Grande que começa a valer a partir de amanhã (21). O valor anunciado inicialmente foi de R$3,53, porém a nova tarifa gerou reclamações de comerciantes e usuários do transporte por ser um valor ‘quebrado’. A Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados da Capital (Agereg), fará uma reunião para discutir o valor definitivo.

O aumento da tarifa, de R$ 3,25 para 3,53, foi definido pelo prefeito Alcides Bernal (PP) no início do mês, mas acabou suspendo pelo TCE, em razão de medida cautelar. Ontem houve revogação da medida e o aumento está liberado.

A titular da Agereg, Ritva Queiroz declara que o arredondamento do valor do passe será discutido em razão da dificuldade de troco. A tarifa do transporte coletivo poderá custar R$ 3,50 ou R$ 3,55. “Vamos definir isso hoje e o novo valor começa a valer amanhã”, afirmou.

A nova decisão do TCE-MS surgiu a partir de cálculos de técnicos do Tribunal que aprovaram a medida do governo municipal.

A nova sentenã foi encaminhada ao prefeito Alcides Bernal para que o reajuste da tarifa seja autorizado. O preço atual é de R$ 3,25 e o estudo técnico da Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Campo Grande (Agereg) indicou aumento para R$ 3,56, com arredondamento para R$ 3,55.

 

Comentários