Tarifa do ônibus vai custar R$ 3,53 a partir de segunda

A tarifa do transporte coletivo vai custar R$ 3,53 a partir da próxima segunda-feira (dia 5) em Campo Grande. Após sinalizar congelamento, o prefeito Alcides Bernal (PP) anunciou o novo valor nesta sexta-feira (dia 2). Já o valor para os ônibus executivos, os famosos “fresquinhos”, passará a custar e R$ 4,30. “Não houve aumento na tarifa, os R$ 0,28 de reajuste correspondem à reposição inflacionária”, disse o prefeito.

Esse é o terceiro reajuste desde 2013.
Esse é o terceiro reajuste desde 2013.

Atualmente, o valor da tarifa é de R$ 3,25. O consórcio havia pedido tarifa de R$ 3,70; enquanto a Agereg (Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados) calculou R$ 3,56.

O prefeito afirmou ainda que não haverá problemas em relação à dificuldade de troco de R$ 0,02, porque a maior parte dos usuários utilizam cartão e recarregam o valor que querem. “A responsabilidade de disponibilizar troco para o usuário é da concessionária”, reafirmou.

De acordo com ele, o serviço é essencial e o Consórcio Guaicurus, que explora o transporte público urbano, precisa de condições financeiras para melhorar o atendimento. “Estou exigindo uma renovação da frota. Fui ao Ministério das Cidades e através do [programa] Pró Transporte dar o aval para que essas empresas consigam financiamento e façam aquisição de 79 novos ônibus”, afirma o prefeito.

Ainda conforme o decreto publicado hoje em diário oficial, a vale transporte custará R$ 1,40 nas seguintes datas especiais: Dia do Trabalho, Dia dos Pais, Dia das Mães, Aniversário de Campo Grande, Finados, Natal e Ano Novo.

Comentários