‘Tarado da janela’ é preso após tocar partes íntimas de vítima com vassoura

Na manhã de terça-feira (5), Zenilton Alvice Rodrigues, de 47 anos, foi preso em flagrante por estupro em Coxim, cidade a 253 quilômetros de Campo Grande. O pedreiro é conhecido como “tarado da janela” e foi detido por praticar novamente o mesmo tipo de crime, em que abusa de mulheres pela janela do quarto das vítimas.

Autor coleciona passagens por ato obsceno, por exemplo, desde 2008 - Foto: Edição de Notícias
Autor coleciona passagens por ato obsceno, por exemplo, desde 2008 – Foto: Edição de Notícias

De acordo com o site Edição de Notícias, o crime aconteceu, por volta das 4h30min, quando a vítima, de 25 anos, acordou depois de sentir ser tocada nas partes íntimas. A ação aconteceu com um cabo de vassoura que vinha do lado de fora da janela de seu quarto.

A vítima gritou pelo marido e o autor fugiu do local correndo. O casal acionou a Polícia Militar que registrou o caso na Delegacia.

Pelo modo de agir, os investigadores da Delegacia de Atendimento a Mulher (DAM) foram até a casa de Zeniltom, que logo confessou o crime e contou que viu a janela da casa entreaberta e subiu em um banco para praticar o abuso.

Zenilton já havia sido autuado em 2008 por ato obsceno e atentado violento ao pudor. esde então, se envolveu em diversos casos de violação de domicílio, estupro e chegou a ser preso em julho do ano passado, mas deixou o Estabelecimento Penal em setembro.

O modo como o autor age, é sempre da mesma forma, espreitando as vítimas pela janela enquanto dormem, para se masturbar. O pedreiro ficou conhecido por “tarado da janela” e sempre que é preso alega problemas mentais e que precisa de tratamento.

O autor foi preso e autuado em flagrante pelo crime de estupro e encaminhado para o Estabelecimento Penal Masculino de Coxim.

Comentários

comentários