Tapeceiro morre após muro desabar em Dourados

O tapeceiro Aroldo Ruiz Chimenez, 52 anos, morreu na tarde de ontem (10), após a marquise e o muro da tapeçaria onde trabalhava desabarem sobre ele. O caso ocorreu no cruzamento das ruas Ciro Melo com a Eulália Pires, no Jardim Tropical, em Dourados.

Foto: Osvaldo Duarte
Foto: Osvaldo Duarte

De acordo com informações do site Dourados News, a vítima teria iniciado os trabalhos há poucos dias no local. Chovia bastante no momento do desabamento e segundo o dono do estabelecimento, antes da queda um barulho foi ouvido e, ao sair, percebeu que a vítima estava caída e com a cobertura e o muro sobre ela.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, porém, ao chegar o homem já estava morto.

Comentários

comentários