Suspeitos pela morte de mulher são presos, mas negam o crime

Dois homens de 18 e  27 anos respectivamente foram nesta manhã  (1º) pelo assassinato de Elza Oliveira, de 23 anos, ocorrido em Dourados, sul do Estado.

Os suspeitos não assumem o crime e se acusam mutuamente (Foto: Dourados News)
Os suspeitos não assumem o crime e se acusam mutuamente (Foto: Dourados News)

O corpo foi encontrado às margens da MS-156, próximo à rotatória de acesso à aldeia Jaguapiru, onde a vítima morava.

Foram presos Bastião Dias, marido da vítima, e Dualiso Gonçalves Porto, conhecido como ‘Borboleta’.

Testemunhas afirmam que os três passaram a noite tomando cachaça na companhia de outros moradores da reserva.

Os suspeitos foram detidos por lideranças da reserva, entregues a policiais e levados para a Delegacia de Atendimento à Mulher.

A polícia investiga a informação de que o rapaz segurou a vítima e Bastião deu o golpe na barriga de Elza.

Eles negam o crime e se acusam mutuamente pelo assassinato.

Comentários

comentários