Suspeito de matar rapaz a tiros, comerciante é preso em flagrante

O comerciante Jacinto Oviedo de 50 anos foi preso ontem à noite (20), em Ponta Porã, sul do Estado, suspeito de matar Dilcileno Jakoski de 22 anos. Ao ser abordado pela Polícia Militar, ele negou o crime.

Foto: via whatsap
Foto: via whatsap

Segundo informações do registro policial, a vítima foi baleada no abdômen após uma discussão com o suspeito, fato testemunhado pela filha do comerciante e por uma outra pessoa.

A esposa de Dilcileno o encontrou baleado e, de acordo com a ocorrência, ele disse que quem havia atirado fora o comerciante, o qual horas antes o havia ameaçado.

A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos.

A PM foi à residência do suspeito e, lá, ele disse que não havia saído da casa nas últimas horas, informação confirmada por sua esposa. Os policiais, no entanto, verificaram que a motocicleta ainda estava com o motor quente.

Diante da constatação e dos relatos de testemunhas, Jacinto Oviedo foi preso e autuado em flagrante por homicídio.

Comentários

comentários