Suspeito de matar ex-mulher a tiros e balear professor é ouvido e liberado

O suspeito de matar a ex-mulher e balear um professor de muay thai na última quinta-feira (17), em Rio Verde, Gilberto Rodrigues do Nascimento, 33 anos, se apresentou na tarde de ontem (17), na Delegacia de Polícia Civil da cidade. A vítima, Bruna Oliveira, 27 anos, foi morta com cinco tiros.

Após se apresentar com um advogado, Gilberto foi ouvido e liberado já que é réu primário e não houve flagrante. Segundo o site Edição de Notícias, a briga entre o ex-casal começou por causa da filha dos dois que não queria ir embora com a mãe. Separados há aproximadamente um mês, o casal estava se desentendendo com frequência. Ainda segundo o site, Gilberto ficou sabendo que a ex-mulher estava tendo um relacionamento amoroso com o professor da academia porque havia seguido Bruna.

Capturar
Foto: Edição de Notícias

O caso

Bruna foi alvejada por vários tiros e caiu próximo ao portão da residência onde o suspeito do crime. Após atirar em Bruna, Gilberto foi até uma academia na região central da cidade e disparou um tiro contra um professor de muay thai. Ele ficou ferido, mas foi socorrido e encaminhado ao hospital da cidade.

Comentários

comentários