Suspeita de tráfico, secretária de esporte despacha de dentro do presídio

Da Redação

A vereadora Marisa Rocha (PSB) de Três Lagoas, que fica a 338 quilômetros de Campo Grande, está presa desde quarta-feira (6), suspeita de chefiar uma organização criminosa especializada no tráfico de drogas. Mesmo assim, ela, que estava à Sejuvel (Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer), despachou de dentro do presídio feminino nesta sexta-feira (8).

Foto: JP News/Arquivo

Segundo o site JP News, a Procuradoria Jurídica da Prefeitura explicou que havia documentos que precisavam ser assinados por ela. O procurador Luiz Henrique Gusmão levou, então, os papéis até o presídio. Até a quinta-feira (7), seu afastamento da pasta ainda não havia sido publicado no Diário Oficial daquele município.

A Prefeitura de Três Lagoas já anunciou que secretário-geral, Cassiano Maia,
assume interinamente a Sejuvel. Cassiano disse que o prefeito ngelo Guerreiro (PSDB), assim como todos os demais secretários, “ficaram surpresos” com a notícia da prisão de Marisa.

Maia adotou cautela e disse que “é preciso aguardar parecer da assessoria jurídica do município sobre esse caso, para posterior decisão sobre o processo envolvendo a secretária”. Ainda segundo ele, como secretária de Esportes, Marisa fazia “um bom trabalho” no governo de ngelo Guerreiro.

Comentários