STF concede habeas corpus e livra presos da Lama Asfáltica

O Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu na tarde desta terça-feira o pedido de Habeas Corpus para o empreiteiro João Krampe Amorim dos Santos. Amorim estava preso desde o dia 10 de maio, quando foi deflagrada a segunda fase da Operação Lama Asfáltica, denominada de Fazendas de Lama. Em 13 de maio, foi decretada sua prisão preventiva.

O empresário João Amorim e o ex-deputado Edson Giroto (Reprodução)
O empresário João Amorim e o ex-deputado Edson Giroto (Reprodução)

A defesa de Amorim entrou com o HC no STF dia 13 de junho, que teve como relator o ministro Marco Aurélio. Amorim está detido no Complexo Penal e deve ser solto assim que as partes forem notificadas. A decisão deve beneficiar também os outros presos na operação, como Edson Giroto, seu cunhado Flávio Scrocchio, que também ingressaram com pedido, sob análise do mesmo magistrado., além de Wilson Mariano e Fernando Garcia.

Também devem ser liberadas da prisão preventiva Elza Cristina dos Santos, sócia de Amorim na Proteco, a filha do empresário, Ana Paula Amorim Dolzan e a mulher de Edson Giroto, Rachel Portela Giroto, além de Mariane Mariano de Oliveira, filha de Beto Mariano. Todas cumprem a prisão em regime domiciliar.

A decisão do ministro foi publicado no site do STF (Supremo Tribunal Federal).

HC

Amorim é apontado pelo Ministério Público Federal como o mentor da organização criminosa investigada na Operação Lama Asfáltica, que investiga pagamentos de propinas e desvios de recursos em obras públicas de Mato Grosso do Sul.

 

Comentários

comentários