SPC faz mutirão online para renegociar até 90% do valor de dívidas

VEJA/JP

São mais de 63 milhões de inadimplentes hoje no Brasil segundo o Serasa Experian (Jupiterimages/Thinkstock/VEJA)

O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) realiza, nesta quinta-feira, 21, um feirão online para a renegociação de dívidas. Os consumidores interessados podem verificar no site do feirão do SPC Brasil se as empresas em que estão devendo aderiram ao programa. São mais de 120 companhias, desde bancos, consórcios, operadoras de telefonia, construtoras, supermercados e empresas do comércio e do ramo de serviços, que oferecerão condições especiais para quem quiser regularizar as pendências.

O serviço estará disponível em 11 capitais (São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Recife, Goiânia, Cuiabá, São Luis, Teresina, Rio Branco e Manaus) e em mais quatro cidades do interior do país (Feira de Santana – BA, Ibirité – MG, Pato Branco – PR e Santo Antônio da Platina – PR). As modalidades de renegociação contemplam desde um desconto no valor da dívida ─ que em alguns casos podem chegar a 90% ─ até a possibilidade de um parcelamento maior ou um novo prazo para quitar a dívida.

O sistema de renegociação estará disponível até o dia 15 de dezembro. Para participar, o consumidor deverá fazer um cadastro no site. Após receber a confirmação de autenticidade, o consumidor tem a opção de consultar o seu CPF, gratuitamente, para verificar se há pendências e se elas estão disponíveis para renegociação dentro do próprio site.

Segundo o Serasa Experian, o Brasil tinha mais de 63 milhões de inadimplentes em março deste ano. Dados do SPC Brasil mostra que o volume de consumidores com contas em atraso cresceu 1,58% no último mês de outubro na comparação com o ano passado. A maior parte das dívidas, 53% delas, em aberto no país está ligada a instituições financeiras. Já o comércio responde por uma fatia de 17% do total de dívidas, enquanto o setor de comunicação por 12% e as contas de água e luz por 10%.

Comentários