Sonora: Suspeito de envolvimento em roubo a banco é preso no Mato Grosso

Um homem que não teve a identidade revelada, conhecido apenas como “Cabral”, foi preso na manhã de ontem (03), na casa onde reside em Poconé, no Mato Grosso. Ele é suspeito de participar do assalto à agência do Banco do Brasil em Sonora, no dia 18 de abril.

De acordo com informações do site Edição de Notícias, além de Cabral, mais três pessoas foram detidas. Na casa do suspeito a polícia encontrou uma espingarda e porções de entorpecente.

A ação envolveu policiais do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros) de Mato Grosso do Sul, Polícia Civil de Poconé e o GCCO (Gerência de Combate ao Crime Organizado), também de Mato Grosso.

Agência ficou totalmente destruída. Foto: Idest
Agência ficou totalmente destruída. Foto: Idest

O caso

Na madrugada do dia 18, aproximadamente 10 homens fortemente armados aterrorizaram a cidade de Sonora. Com explosivos, uma parte do grupo invadiu a agência e roubaram dois cofres. Outra parte do bando atacou as delegacias da cidade, atirando contra os prédios e as viaturas.

Após roubar o banco, a quadrilha abordou dois taxistas que passavam pelo local. Eles foram feitos reféns e só foram liberados após o grupo deixar a cidade.

Segundo a polícia, foram feitos, ao todo, mais de 100 tiros de fuzis. O bando fugiu da cidade levando cerca de R$ 1 milhão.

Comentários

comentários