Somente em janeiro, 350 pessoas são presas nas Depac da Capital

Da Redação

A Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário de Campo Grande, através de suas duas unidades – Depac Centro e Piratininga, contabilizou, somente no mês de janeiro deste ano, a entrada nos plantões de 350 pessoas presas, conforme dados extraídos sistemas.

Segundo informações da Polícia Civil, na Depac Centro foram 83 autos de prisão em flagrante, 94 mandados de prisão cumpridos, além de 3 autos de apreensão e 5 mandados de apreensão de adolescentes infratores. Também foram registrados 1.426 boletins de ocorrência no mês de janeiro de 2019.

Já na Depac Piratininga foram 76 prisões em flagrante, 83 mandados de prisão cumprido, 2 apreensões e 4 mandados de apreensão de adolescentes infratores, além de 1.383 ocorrências registradas.

As Delegacias de Pronto Atendimento Comunitário executam grande parte da tarefa de atendimento da população da Capital, 24 horas por dia.

De acordo com o delegado titular da Depac, João Eduardo Davanço, as delegacias têm como meta o constante e ininterrupto atendimento da população e demais forças policiais, prestando os trabalhos de Polícia Judiciária.

Comentários