Sôma Cia de Dança apresenta espetáculo ´Paraguaçu – Parteira de Si´

Da Redação

De quinta (21) a sábado (23), com sessões às 19h e 20 horas, a Sôma Cia de Dança apresenta gratuitamente, de forma online e ao vivo, o espetáculo ´Paraguaçu – Parteira de Si´. As apresentações desta semana, por meio do projeto ´Paraguaçu – Parteira de Si´, contam com o incentivo do Fundo Municipal de Investimento Cultural – FMIC/2019, da Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur).

A companhia propôs a criação do espetáculo ´Paraguaçu – Parteira de Si´, para refletir por meio da dança, a vida e a obra de Helena Meirelles, abrindo espaço para discutir o feminino e os desafios da mulher contemporânea na sociedade, ao acreditar na possibilidade de comunicação e de gerar experiência através do movimento. Em cena, apresentam-se sete mulheres intérpretes criadoras Adriana Zuleger Ribeiro, Beatriz de Oliveira Amorim, Julianna Oliveira Silva Sarti, Mariah Santos Prado, Mariana Santos Prado, Raíra Albanez Viudes e Weverlin Ferreira Brizola.

“Pensar a nossa identidade regional e olhar para o nosso quintal impulsionou nossas jovens intérpretes na concepção de um espetáculo de dança contemporânea para interpretar em movimentos os símbolos e singularidades do povo sul-mato-grossense por meio de Helena Meirelles, violeira, cantora e compositora do nosso estado. O que se vive no dia a dia, quase sem se perceber, vira elemento para caracterizar a obra. Embalados pela pesquisa do corpo e pelos processos de colaboração e criação, fundamentamos nosso projeto na artista que é um dos maiores nomes de expressão das raízes e cultura do MS”, conta Paulo Oliveira, diretor geral do projeto.

Além da dança: palestras e roda de conversa sobre a mulher na sociedade contemporânea

Junto a criação deste espetáculo inédito, pelo projeto ´Paraguaçu – Parteira de Si´, que tem o incentivo do Fundo Municipal de Investimento Cultural – FMIC/2019, a companhia propôs palestras e roda de conversa para debater temas do projeto. Em novembro de 2020 o grupo realizou, por meio de Lives em seu Instagram, as palestras ´Mulheres na liderança e seus efeitos sob a igualdade de gênero´ e ´Empoderamento feminino e os desafios da mulher contemporânea na sociedade´ e, a roda de conversa ´Desafios e Vivências de Mulheres Artistas da dança de Campo Grande: Protagonismo Feminino no meio artístico´. Também foi realizado um ensaio aberto no Espaço de Dança Selma Azambuja, seguindo as medidas de prevenção e regras de biossegurança contra o novo coronavírus.

Apresentações seguem até o fim de janeiro

Além das apresentações desta semana, a Sôma Cia de Dança também encena gratuitamente, online e ao vivo, o espetáculo ´Paraguaçu – Parteira de Si´ nos dias 30 e 31 de janeiro. No dia 30, sessões às 19 e 20 horas e, no dia 31, sessões às 18h, 19h e 20 horas. Na última semana de janeiro a companhia realiza ainda três oficinas de dança gratuitas. Estas ações finais contam com o investimento do Edital Morena Cultura e Cidadania, pela Lei Aldir Blanc.

Serviço: a Sôma Cia de Dança apresenta gratuitamente, de forma online e ao vivo, o espetáculo ´Paraguaçu – Parteira de Si´, nos dias 21, 22, 23 e 30, às 19h e 20 horas e, no dia 31 de janeiro, às 18h, 19h e 20 horas, em seu canal do Youtube. Ingressos pelo link www.sympla.com.br/soma-cia-de-danca-apresenta-paraguacu—parteira-de-si__1103378. Mais informações pelo Instagram ou pelo telefone (67) 99280-3310.

Ficha técnica:

Direção: Paulo Henrique Oliveira.

Designer e Atualizador de Mídias Sociais: Ralfer Sandim Campagna.

Intérpretes: Adriana Zuleger Ribeiro, Beatriz de Oliveira Amorim, Julianna Oliveira Silva Sarti, Mariah Santos Prado, Mariana Santos Prado, Raíra Albanez Viudes e Weverlin Ferreira Brizola.

Figurinista: Julianna Oliveira Silva Sarti.

Produção Executiva: Marcos Flávio de Matos Bezerra.

Psicóloga: Caroline Flores das Neves Duarte Silva.