Sobe para quatro o número de mortos depois de temporal no RJ

Subiu para quatro o número de mortos em consequência do temporal que atingiu o Rio na noite passada (12). Mais dois corpos de vítimas da chuva foram localizadas pelo Corpo de Bombeiros hoje (13) pela manhã. O temporal deixou o município do Rio em estado de crise, decretado por volta das 20h e permanecendo por quase 7 horas.

Foto Reprodução TV Globo
Foto Reprodução TV Globo

Os bombeiros localizaram o corpo de Carlos M. Silva, 58 anos, que estava desparecido desde a noite passada (12) na favela da Rocinha, zona sul do Rio. Ele estava no meio da chuva e acabou sendo arrastado para dentro de um valão no alto da comunidade. O corpo foi encontrado na parte baixa da favela, na Estrada da Gávea.

Também foi resgatado pelos bombeiros, o corpo de Luiz Carlos de França Câncio, 57 anos, que estava desaparecido desde a noite passada, ao cair em um córrego que corta a Avenida dos Italianos, em Rocha Miranda, subúrbio da cidade. Luiz Carlos era militar reformado do Corpo de Bombeiros e foi arrastado para dentro do córrego ao tentar ajudar um amigo que estava no meio do temporal.

Na noite passada, os bombeiros do Grupamento de Buscas e Salvamento e do quartel da Gávea retiraram duas pessoas que morreram soterradas, devido ao desabamento de uma casa na Rua Aperana, na comunidade Chácara do Céu, na parte alta do Leblon, zona sul do Rio. Uma das vítimas foi identificada como Luciano da R.Modesto, 38 anos. O outro homem retirado dos escombros seguiu para o Instituto Médico-Legal (IML) sem identificação.

Desabamentos

Os bombeiros foram acionados também para atender desabamentos de residências nos morros da Mangueira, do Turano e do Salgueiro. Em nenhum  dos casos houve vítimas.

Os bombeiros socorreram ainda pessoas presas dentro de carros na Rua Jansen de Melo, em São Cristóvão, e na Rua São Francisco Xavier, na Tijuca, em consequência de inundação, além de socorrer pessoas ilhadas dentro de uma igreja no Largo do Boiadeiro, na favela da Rocinha. (G1)

Comentários

comentários