Simone Tebet é indicada pelo MDB e vai presidir a CCJ do Senado

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) foi indicada nesta terça-feira (12) pela bancada emedebista para presidir a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa.

Importante órgão colegiado, a CCJ é responsável por uma primeira análise da admissibilidade e constitucionalidade de propostas legislativas.

“A CCJ vai ficar com o MDB”, disse o presidente da do Senado a jornalistas. “O partido está consolidando, pelo que o senador Eduardo Braga (MDB-AM), líder do partido, disse na reunião da bancada, que senadora Simone Tebet é indicada da bancada do MDB.”

Simone disputou, dentro da bancada, a indicação do partido para a presidência do Senado. Os emedebistas acabaram decidindo por Renan Calheiros (AL), que desistiu da candidatura nos últimos momentos, diante da resistência que enfrentava, e Alcolumbre saiu vitorioso.

“Chegamos a um consenso sobre a composição das 13 comissões. Acordo deve ser oficializado por aclamação amanhã, às 10h. Hoje votaremos acordos interacionais”, afirmou Alcolumbre.

O PSD presidirá a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), a cargo do senador Omar Aziz (PSD-AM). O MDB também irá indicar o presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO), cujo nome deve ser o do senador Marcelo Castro (MDB-PI).

Comentários