Simone Tebet diz que intervenção no Rio é mal necessário

Da Redação/JN

Ela entende que o Congresso Nacional deve cobrar do Executivo as medidas necessárias para combater na causa e não na consequência da violência.

Senadora Simone Tebet (MDB-MS) (Foto: Divulgação )

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) afirmou que vai votar a favor do decreto de intervenção no Rio de Janeiro, nesta terça-feira (20), mas que espera do governo federal ações para proteger as fronteiras do País.

Ela entende que o Congresso Nacional deve cobrar do Executivo as medidas necessárias para combater na causa e não na consequência da violência.

“Sabemos que as favelas das grandes metrópoles recebem drogas e armas que vêm das fronteiras do Brasil, por isso, vamos buscar o compromisso do Executivo para fortalecer a fronteira com a real implantação da Política Nacional de Segurança Pública. Aliás, as forças armadas têm como dever proteger a fronteira do País. Não adianta estar só nas grandes metrópoles”, afirmou em entrevista à Rádio Senado.

Mal necessário 

Para Simone, a intervenção na Segurança Pública do Rio de Janeiro é um “mal necessário”.

Ela lembrou que a Constituição permite intervenção em situações extremadas e excepcionalíssimas. Para Simone, não se pode deixar de reconhecer a situação de descalabro no Rio de Janeiro nem que tal violência tem tomado proporções que passam dos limites daquele Estado. “É preciso fazer esta intervenção com equilíbrio e moderação”, afirmou.

Comentários

comentários