Sessão do impeachment do Senado é interrompida

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), suspendeu a sessão que vota a admissibilidade do processo de impeachment de Dilma Rousseff. A interrupção já estava prevista e a segunda do dia. Os trabalhos serão retomados às 19h.

5zqhultp4n_5u8dxd9f2_file

“A nação cobra que tenhamos uma saída para este impasse”, disse Renan.

Desde o início da manhã, senadores estão discursando sobre o processo. Cada um tem 15 minutos para falar. No total, 68 senadores se inscreveram para falar. Até o momento, 22 senadores já falaram.

Agência Brasil

Comentários

comentários