Sesc-RJ e Praia Clube decidem Superliga pela segunda vez em três anos

Gazeta Esportiva.com

O Sesc/RJ tenta o hexacampeonato da Superliga Feminina (Foto: Divulgação/Sesc RJ)
Neste domingo, às 10h, na Arena Carioca 1, Sesc/RJ e Dentil Praia Clube farão a primeira final da Superliga Feminina de Vôlei da temporada 2017/2018. Essa será a segunda vez nas últimas três temporadas que as duas equipes se enfrentarão na grande decisão da competição nacional. O segundo jogo será no dia 22 de maio às 9h10, no ginásio do Sabiazinho, em Uberlândia (MG).

As duas equipes tiveram uma campanha muito parecida durante a primeira fase da competição. O Praia Clube foi o melhor time de toda a competição com 61 pontos, sendo 21 vitórias e apenas uma derrota ao longo de toda a temporada (justamente contra o Sesc/RJ). Já o clube do Rio de Janeiro teve 57 pontos, com 20 triunfos e perdendo um jogo a mais do que as adversárias da final.

Com a partida será de manhã, situação bem diferente das outras partidas da Superliga que na maioria das vezes era no período noturno, o Praia Clube viajou nesta quinta-feira e aproveitou para inverter a programação com os treinos táticos no começo do dia, para melhor se adaptar ao horário.

No entanto, os dois times tiveram roteiros bem diferentes para chegar na grande final da SuperLiga. Enquanto que o Sesc/RJ enfrentou a equipe do Minas e com as três vitórias consecutivas garantiu a vaga bem antes do adversário deste domingo, o Praia Clube teve uma “batalha” contra a equipe do Vôlei Nestlé Osasco, conseguindo a clasificação apenas no último e quinto jogo da série.

Caso o Sesc/RJ conquiste o título, a equipe comandada por continuará fazendo história na Superliga. Será o sexto troféu consecutivo e o 13° da história do clube, de longe, a equipe com mais conquistas no principal torneio de vôlei do país. Já no caso do Praia Clube, seria a primeira vez que o time venceria e faria com que o torcedor esquecesse o vice campeonato da temporada 2015/2016, justamente contra o adversário deste domingo.

Comentários