Servidores da AL-MS terão 11,09% reajuste escalonado

assembleialegislativadomsOs servidores da AL-MS (Assembleia Legislativa de MS) irão receber um reajuste escalonado de 11,09% aos salários a contar de data base de 2016, retroativo ao dia 1° de abril. Os integrantes da Mesa Diretora entraram em acordo com o sindicato e a proposta foi lida na sessão ordinária desta quarta-feira (20), deve ser ratificada em votação pelo plenário na semana que vem. Além do aumento no provento, os servidores requereram um aumento no auxílio transporte, pagando quatro passes por dia, para cada funcionário.

De acordo com o documento, o reajuste em escala, começa sendo retroativo ao dia 1° de abril com metade do total, sendo repassados 5,55%, depois a segunda parcela será paga no dia 1° de outubro, com mais 5,54%, chegando então aos 11,09%, que se trata da reposição da inflação, seguindo os dados do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

A justificativa para este escalonamento será o respeito ao limite prudencial, em relação a folha de pagamento, assim como a situação financeira do País e de Mato Grosso do Sul. O auxílio transporte sobe de R$ 123,00 para R$ 143,00, sendo devidamente corrigido, se houver aumento na tarifa.

O presidente do Sisalms (Sindicato dos Servidores da AL-MS), Naylor Vargas, explicou que o pagamento escalonado vai ocorrer em função do quadro econômico nacional e estadual. “A situação financeira prevaleu, também ponderou que com o reajuste, já se faz a correção na tabela dos servidores”. Ele ponderou que a maioria dos pedidos feitos pelo sindicato, foi atendido e outros ficarão para estudo.

Sobre o pedido de aumento no auxílio alimentação, fixado hoje em R$ 100,00, ainda vai se fazer um estudo, com possível revisão para o segundo semestre, já que neste caso teria que se fazer uma alteração na legislação da Casa de Leis. Houve várias reuniões entre a Mesa Diretora e o Sisalms, antes de fechar o acordo.

Comentários

comentários