Sérgio de Paula destaca união do PSDB para pleito de 2020

Eleito neste sábado (4) presidente regional do PSDB, o secretário de Articulação Política do governo do Estado, Sérgio de Paula, prometeu não decepcionar o ninho tucano, ao discursar na convenção regional do partido em Campo Grande.

Sérgio de Paula discursa na convenção do PSDB (Foto: Fernanda França)

Sérgio disse ser motivo de orgulho assumir importante missão que é ampliar as bases partidárias em Mato Grosso do Sul visando às próximas eleições e creditou ao governador Reinaldo Azambuja, principal líder político do PSDB, o fortalecimento do partido no Estado.

Ele recordou as andanças que fez pelo interior do Estado que resultou no processo de estruturação do PSDB a partir da filiação de várias lideranças partidárias.

“Deus me deu o privilégio de conhecer os 79 municípios de MS, no que eu fui menos acho que foi umas dez vezes, andei muito, de carro, de avião, mas sempre fiz com maior carinho e dedicação, e fiz pelo 45, esse tamanho que nós temos hoje, não fui eu, eu fui apenas uma peça disso, sempre foi no comando do nosso governador Reinaldo Azambuja que aceitou o desafio”, discursou, ao prometer não decepcionar os correligionários.

Sérgio de Paula chega ao comando do partido em Mato Grosso do Sul depois de uma queda de braço envolvendo os deputados federais Beto Pereira e Rose Modesto.

A eleição para a escolha da Executiva Regional e membros do diretório se deu por meio de chapa de consenso, após interferência do próprio governador Reinaldo Azambuja, que se viu obrigado a enquadrar os correligionários para evitar fragmentação no seu grupo político.

Sérgio de Paula vai suceder Beto Pereira por um mandato de dois anos com a missão de ampliar as bases eleitorais do PSDB em Mato Grosso do Sul.

A convenção registrou 155 votos,  sendo 151 a favor da chapa única, 2 contras e 2 nulos.

Comentários