Senai certifica mais 426 alunos de 30 cursos em 6 cidades do Estado

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Em continuidade à certificação de 1.087 alunos de 35 cursos de educação profissional em 11 cidades do Estado ao longo desta semana, o Senai certificou, na noite desta quinta-feira (1°/12), mais 426 alunos de 30 cursos profissionalizantes oferecidos em Aparecida do Taboado, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Naviraí e Nova Andradina.

“A formatura representa a conclusão de uma etapa, a da qualificação profissional, e marca o início de outra, que é busca pelo ingresso no mercado de trabalho ou melhor colocação dentro da empresa em que o aluno já atua. Encerrado este processo de formação dos alunos nos cursos de qualificação básica e habilitação profissional técnica de nível médio, o Senai abrirá novas turmas”, afirmou o diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, comemorando os novos mil profissionais qualificados disponíveis no mercado do trabalho.

Em Campo Grande, no auditório do Senai, foram certificados 60 alunos dos cursos de assistente administrativo, assistente de recursos humanos, eletricista de automóveis e mecânico de manutenção em motores ciclo otto. “A formatura é sempre um momento muito importante para nós. Trata-se do fechamento de um trabalho realizado com os alunos, um esforço para qualificação. Sempre falo que nós do Senai não terminamos a nossa missão quando formamos os alunos concluintes, mas sim quando eles são inseridos no mercado de trabalho, aí sim nós estamos contribuindo com esses alunos e, ao mesmo tempo, fomentando a competitividade da indústria nacional”, comemorou o gerente do Senai de Campo Grande, Marcos Costa.

Na Capital, os diplomas foram entregues pelos diretores da Fiems Marcelo Alves Barbosa, que também é presidente do Sindepan/MS (Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria de Mato Grosso do Sul), e João Batista Camargo Filho, presidente do Sindical/MS (Sindicato das Indústrias de Calçados do Estado). “Ao ter uma capacitação, com certeza fica mais fácil de conseguir um emprego, e essa colaboração do Senai para o aprendizado desses jovens, é muito válido, porque o mercado de trabalho sempre exige mão de obra capacitada e é uma oportunidade para se qualificar e ter um diferencial”, disse Marcelo Barbosa. “O Senai está oportunizando essa qualificação tanto para a sociedade, quanto para a indústria”, emendou João Batista Camargo Filho.

Formando da turma de eletricista de automóveis, Leandro Defendi Lucas, 23 anos, comemorou o diferencial no currículo obtido com a conclusão do curso. “Soube do curso pela televisão, e decidi por ser uma área que eu gosto bastante, de automóveis. Assim que pegar meu diploma, já pretendo começar a trabalhar, vou procurar algo na área da parte elétrica de automóvel, e agora tenho um diferencial no meu currículo, que é ter feito esse curso”, falou.

Instrutor do curso, Iwan Garcia de Rezende explica que com as novas tecnologias o mercado exige qualificação. “A mecânica passou por transformações, devido ao desemprego e outros fatores, e as pessoas procuram se qualificar, os veículos estão muito modernos, você já não consegue mais aprender sozinho, porque a eletrônica do carro está muito desenvolvido e é necessário passar por um treinamento. O Senai tem uma tradição, um peso muito grande, e as concessionárias de veículos nacionais têm contratado só quem tem um certificado do Senai”, afirmou.

Dourados

Em Dourados, no auditório do Senai, mais 54 alunos foram certificados nos cursos mestre de obras, técnico em eletrotécnica e técnico em segurança do trabalho. O gerente da unidade Yashi Miranda, parabenizou os alunos e comentou os esforços do Senai para qualificação da mão de obra. “Vocês tiveram quase dois meses de curso, mas nosso trabalho começou antes disso, leva mais ou menos quatro a cinco meses, com a preparação das aulas, divulgação, matrículas. Hoje, começamos o trabalho para receber novas turmas em outras unidades, e começa o trabalho de vocês buscarem um emprego ou uma colocação melhor na empresa em que vocês já trabalham”, disse.

Lucas Ramos de Souza, 22 anos, agora egresso do curso de mestre de obras, comemorou a formatura. “Além de estar qualificado para o mercado de trabalho, a gente se sente mais preparado, mais confiante para atuar. O Senai dá oportunidade para pessoas de baixa e média renda, que não tem acesso a uma faculdade, ou querem fazer um curso técnico”, disse.

Corumbá 

Em Corumbá, no auditório do Senai, foram mais 60 alunos certificados nos cursos de assistente administrativo e assistente de recursos humanos. O diretor da Fiems Edis Gomes da Silva falou aos formandos. “Em nome do nosso presidente, Sérgio Longen, quero parabenizá-los por mais essa etapa na vida de vocês. Agora vocês estão certificados, vão entrar no mercado de trabalho, e quero dizer que vocês têm que acreditar em vocês. Acreditando, vocês vão vencer lá fora”, disse.

A aluna Diana Aline da Costa Rampagne Castedo, formanda do curso de assistente de recursos humanos, pretende fazer outros cursos do Senai. “O curso foi muito bom, espero crescer no mercado de trabalho e sei que vai me ajudar bastante. Quero continuar fazendo outros cursos, já estou olhando o de Administração e Almoxarife”, contou ao receber ao diploma.

Naviraí 

No município de Naviraí, 77 alunos foram certificados nos cursos de assistente administrativo, modelista de roupas, técnico em açúcar e álcool, técnico em automação industrial, técnico em edificações, técnico em eletromecânica, técnico em eletrotécnica, técnico em química e técnica em segurança do trabalho.

A formanda Eloisa Barboza da Rocha, que fez o curso de Assistente Administrativo, foi escolhida para representar os alunos na solenidade e, em seu discurso, falou sobre a responsabilidade de ter um certificado do Senai. “Tenho a honra de estar neste momento representando a todos os alunos concluintes do segundo semestre de 2016. É uma grande conquista em nossas vidas, chegamos ao grande momento que simboliza o resultado de nossos esforços para conquistar um significativo espaço no tão concorrido mercado de trabalho”, disse.

Aparecida do Taboado

Em Aparecida do Taboado, o Senai certificou 31 alunos do curso de costureiro sob medida, 28 alunos do curso de operador de computador, 17 alunos do curso de assistente administrativo, 17 alunos do curso de controlador e programador de produção, 11 alunos do curso técnico em segurança do trabalho, 8 alunos do curso técnico em química e 6 alunos do curso de mecânico de manutenção.

A gerente do Senai de Aparecida do Taboado, Ana Elizabete de Lima Garcia, declarou que foi uma noite especial para todos os envolvidos. “Estou feliz e orgulhosa em fazer parte dessa instituição que veio para qualificar a mão de obra de Aparecida do Taboado, para que nós possamos atender com mais qualidade o setor industrial local”, declarou.

A mãe do prefeito José Robson Samara de Almeida, Adélia Samara de Almeida, representou o filho na solenidade. “Fui uma educadora absolutamente apaixonada pela profissão e admiro muito o trabalho do Senai, o empenho dos instrutores, que trabalham para preparar esses jovens e adultos para o mercado de trabalho, contribuindo com o desenvolvimento da cidade”, afirmou.

O vice-presidente da Aiati (Associação das Indústrias de Aparecida do Taboado), Antônio Aparecido Serini, declarou que o município será grandemente beneficiado pela formação dos novos profissionais. “Em nome de Fabrício Lalucci, presidente da Aiati, gostaria de agradecer à Fiems e ao Senai por tudo que foi realizado nos últimos meses, que resultou na festa desta noite”, relatou.

Matheus Moyses de Jesus Dias conclui o curso técnico em segurança do trabalho e avalia que a certificação vai auxilia-lo de maneira direta dentro da indústria. “Eu vou lidar com a saúde e a segurança dos colaboradores, vou atuar diretamente com todos os setores da empresa, com todas as funções. É uma possibilidade de crescer, de me destacar”, disse.

Para Rafael Barbay Freire, formando no curso de mecânico de manutenção, a capacitação foi a oportunidade que ele queria para se profissionalizar na área que sempre quis trabalhar. “Já consegui um emprego graças ao curso e não vou parar por aí. Quero fazer faculdade de engenharia mecânica e continuar crescendo na área”, falou.

Nova Andradina 

Em Nova Andradina, o Senai certificou 21 alunos do curso de eletricista industrial, 13 alunos do curso de assistente de recursos humanos, 12 alunos do curso de lubrificador industrial e 11 alunos do curso de torneiro mecânico. A gerente do Senai de Naviraí, Sandra Denega, que também responde pela agência de Nova Andradina, disse que a certificação ganha ainda mais importância pela característica industrial da região.

“Temos grandes agroindústrias dos segmentos frigorífico e sucroenergético, onde a mão de obra de manutenção é extremamente necessária. Os cursos que nós estamos certificando têm uma grande relevância em função da alta empregabilidade nessas áreas. Para essas pessoas, está sendo a oportunidade de melhorarem de cargo dentro da empresa em que já trabalham ou conseguirem se empregar em uma das empresas desse setor”, frisou Sandra Denega.

Camila de Souza Silva Nogeira, formanda no curso de assistente de recursos humanos, afirmou que, mesmo já atuando na área, a capacitação trouxe novidades. “Pude aprender conceitos novos e indico para todos que pensam em fazer, porque vale a pena”, ressaltou.

Gabriel Ferreira da Silva, formando no curso de eletricista industrial, contou que conquistou uma vaga no mercado de trabalho graças à capacitação. “Agora, já trabalhando na área, pretendo ampliar ainda mais os meus conhecimentos. Graças ao curso eu estou no mercado de trabalho e passei a poder dar um sustento digno para a minha família”, finalizou.

Comentários