Delcídio demonstra apreensão com desafios na liderança do Governo no Senado

Depois das primeiras reuniões na semana que passou em Brasília como novo líder do governo no Senado, Delcidio do Amaral (PT-MS) falou ao Página Brazil durante evento beneficente em prol das obras de conclusão do Hospital Alfredo Abrão, em Campo Grande.

Reuniões com ministros das principais pastas do Governo Federal pleiteando recursos podem ter sido, por assim dizer, a parte fácil da liderança do governo no Senado nos últimos dias. O senador reuniu-se com os ministros Joaquim Levy, da Fazenda; José Eduardo Cardozo, da Justiça, Aloísio Mercadante, da Casa Civil, e  Nelson Barbosa, do Planejamento.

O senador não escondeu a apreensão com relação às próximas missões junto ao Congresso, como os debates com a oposição ao governo – que nos próximos dias cogita até mesmo apresentar uma proposta de impeachment da presidente Dilma Rousseff -, mas também com a dificuldade de temas espinhosos como Terceirização, Ajuste Fiscal e Reforma Politica.

Sobre a indisposição para as negociações, por parte de integrantes dos partidos de oposição, o senador desabafou: “em 12 anos no senado, nunca viu um quadro de enfrentamento e polarização como a que estou vendo agora”.

Silvio Ferreira

Comentários

comentários