Semadur troca de titular após pedido para sair de ex-secretario

Lúcio Borges

O prefeito Marquinhos Trad teve mais um revez em seu secretariado, onde o comando da  Semadur (Secretaria de Meio Ambiente e Gestão Urbana) sofreu mudanças nesta sexta-feira (8). O então titular José Marcos Fonseca pediu exoneração do cargo, alegando problemas pessoas. O novo secretário passa a ser Luis Eduardo Costa, que assumiu a função, já partir desta sexta-feira.

Conforme divulgação posterior da assessoria municipal, Fonseca justificou ao prefeito que não estava conseguindo conciliar compromissos pessoais com a agenda na Secretaria. A substituição foi publicada em edição extra do Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), ainda ontem.

O novo secretário é nascido em Campo Grande e formou-se em arquitetura e urbanismo em 1994. Foi professor universitário por oito anos, vice-presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) de Mato Grosso do Sul e diretor da Federação Nacional dos Arquitetos. Atualmente, é presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Mato Grosso do Sul e ocupava a função de adjunto na Semadur.IMG-20180608-WA0014

De família de arquitetos, com pai e irmãos na mesma profissão, Luis Eduarco Costa espera desenvolver um bom trabalho na Semadur, tendo com objetivo ajudar a gestão e a cidade para conquista de um progresso sustentável e eficiente.

“Estou com uma expectativa muito boa de colaborar com a gestão do prefeito Marquinhos Trad, que entende a necessidade de desburocratização dos licenciamentos e da implantação de softwares que garantam modernidade e eficiência nos serviços que precisam ser prestado. Tive a oportunidade de trabalhar com o José Marcos. Foi uma honra trabalhar com ele, com tanto conhecimento. Foi uma excelente escola. Agora, temos este objetivo de ajudar a gestão e a nossa cidade, se atentando sempre para a integração entre a necessidade urbana e a questão ambiental, lutando para um progresso eficiente e sustentável”, declarou.

Comentários

comentários