Sem-terra brasiguaios invadem fazenda em Nova Andradina

Cerca de mil sem-terra já estão na fazenda Saco do Céu, em Nova Andradina (MS). A invasão da propriedade aconteceu no último dia 21 de agosto. Integrantes do Movimento Sem Terra, que não quiseram se identificar e estão acampados no local informaram que o objetivo é pressionar o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) para obter a fazenda Furna, próxima a fazenda invadida.

11sem

Outros sem-terra, vindos do Paraguai, chegaram nessa semana. Cerca de três ônibus desembarcaram na fazenda Saco do Céu. Alguns integrantes do MST (Movimento Sem Terra) estão temendo pela segurança. Conforme essa mesma fonte, eles carregam armas. Outros sem-terra devem chegar a Nova Andradina para engrossar as ameaças às fazendas. Eles acreditam que com as novas pessoas, o total some 5 mil invasores.

Desde 2013, os sem-terra acampam às margens das propriedades. Em 2014, tanto a Córrego Fundo quanto a Furna sofreram com ameaças de invasão envolvendo integrantes do MST, até a invasão de fato no mesmo ano. Boletins de ocorrência com danos às propriedades e aos trabalhadores das duas fazendas, incluindo ameaças a vida de alguns deles, foram registrados.

A situação se acalmou depois que os proprietários garantiram na justiça a reintegração de posse das duas propriedades, mas as famílias continuam acampadas às margens da rodovia MS 141, às margens da fazenda Furna.

Comentários

comentários