Seleção programa 25 dias de treino e dois amistosos antes da Copa América

Gazeta Esportiva.com

Tite planeja ter 25 dias de preparação para a Copa América, que acontece em junho no Brasil (Foto: Divulgação/CBF)

Antes da bola rolar entre Brasile Panamá, em amistoso realizado no Estádio do Dragão, em Portugal, neste sábado, Edu Gaspar, coordenador de seleções da CBF, revelou ao SporTV que a preparação da Seleção para a Copa América terá duração média de 25 dias, já que o anúncio dos convocados provavelmente acontecerá no dia 17 de maio, uma sexta-feira, e a apresentação do grupo na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), será três dias depois, na segunda-feira seguinte.

Segundo ele, a ideia é aproveitar o fim dos torneios europeus para reunir todo o grupo. “O fim da Liga Inglesa e a pausa do Campeonato Brasileiro e os demais na sequência dão condições para startar coisas importantes. Quanto antes tivermos os atletas, melhor. Não queremos perder tempo, queremos acelerar da melhor forma para ter todos com a gente o mais rápido possível”, disse na entrevista.

Ainda que tenha dito isso, é válido lembrar que dificilmente todos os jogadores conseguirão ser reunidos já no dia 20 de maio. Isso porque o Brasileirão não tem pausa (somente por dois dias, antes da abertura da Copa América) e algumas competições europeias ainda não terão terminado, como é o caso da principal delas, a Liga dos Campeões, que tem final marcada para o dia 1º de junho.

A Copa América acontece no Brasil entre os dias 14 de junho e 7 de julho de 2019, em jogos que acontecerão em São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Estas duas últimas capitais, aliás, poderão sediar dois amistosos, segundo Edu Gaspar, um contra a seleção do Catar, no Maracanã, e outro jogo no sul do país, a definir.

Comentários