Secretaria de Educação realiza reunião na segunda-feira para tratar da reposição de aulas perdidas

Na próxima segunda-feira (8), a Secretaria Estadual de Educação realiza uma reunião com a Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), para tratar da reposição dos seis dias de aulas perdidas durante à paralisação dos professores estaduais, entre o 27 de maio e a última quinta-feira, dia 3 de junho. A secretaria cogita a possibilidade de agendar algumas das aulas compensatórias para os sábados, para não prejudicar às férias escolares de inverno.

Neste ano, a disponibilidade de calendário para a realização de aulas aos sábados é limitada por conta de, em 2015, o ano letivo ter começado no dia 19 de fevereiro. Normalmente, a rede estadual de educação tem 200 dias letivos.

De acordo com a assessoria de imprensa da Fetems, o presidente da entidade, Roberto Botarelli, “acredita que a reposição das aulas não deve ser um problema” e ainda que “a compensação das aulas [perdidas] normalmente é ajustada pela direção de cada escola”.

Como nem todas as escolas participaram da paralisação, mas há professores que trabalham em mais de uma escola, a organização da reposição das aulas é sempre problemática.

Silvio Ferreira

Comentários

comentários