Secretária garante que fornecimento de merenda nas escolas foi regularizado

A secretária Estadual de Educação, Maria Cecilia Amendola da Motta, explicou que o atraso no fornecimento da merenda na rede estadual de ensino foi causado pela falta da previsão orçamentária para o empenho dos recursos de aquisição dos alimentos pelas escolas, durante a transição entre o governo anterior e o atual.

Segundo a secretária, “o problema será sanado no início do ano letivo de 2016”, diz, pois a previsão dos recursos será garantida no orçamento do governo do Estado para o ano que vem, já que segundo ela, no mês de fevereiro, que antecede o reinício das aulas, não há tempo hábil para garantir a aquisição e disponibilização da merenda escolar. “Faltou merenda para poucas escolas, mas tudo já esta´regularizado”, esclarece,

Na rede estadual de Educação, de acordo com a secretária, a administração dos recursos é descentralizada, por conta das longas distâncias entre os municípios. Assim,,são os diretores das escolas que direcionam a aquisição dos alimentos.

Questionada sobre uma possível dificuldade extra no processo, por conta de um desvio de função dos profissionais de pedagogia que dirigem as unidades de ensino, a secretária assentiu, mas minimizou a dificuldade que a atribuição pode trazer aos diretores das escolas, com o planejamento adequado do cronograma de liberação dos recursos, que ressaltou “será regularizado a partir de agora pela Secretaria”.

Silvio Ferreira

Comentários

comentários