Saúde confirma 25 mortes por Gripe A em MS neste ano

O 11º boletim epidemeológico da SES (Secretária Estadual de Saúde), sobre a Gripe A, que inclui os vírus Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B, divulgado na tarde desta quarta-feira (25), alerta para 25 mortes em todo o Estado. Em Campo Grande, já são noves mortes, oito por Influenza H1N1 e uma por Influenza B.

Doença preocupa a população e as autoridades (Foto: Divulgação )
Doença preocupa a população e as autoridades (Foto: Divulgação )

Conforme o levantamento, as mortes foram constatadas em 12 municípios. Na última semana, aumentaram duas mortes na capital sul-mato-grossense e uma em Aquidauana, Jardim, Ivinhema.

Além disso, o número de casos confirmados de H1N1 subiu para 143 em 27 cidades. As que registraram mais têm são Campo Grande (43), Naviraí (18) – onde tiveram quatro mortes em 2016 – e Dourados (11).

Nota técnica

Diante do número crescente de casos e mortes por H1N1, a SES publicou uma nota técnica informando de que não há situação de surto e nem epidemia em nenhum município do estado.

A recomendação para instituições de ensino quando há suspeita de gripe A é para alunos, professores e funcionários permanecerem afastados por 48 horas a partir dos primeiros sintomas e retornar 24 horas após o fim da greve. Segundo a nota, não está indicada a suspensão de aulas para controle de surto de influenza.

Comentários

comentários