São Paulo pega o vice-líder Grêmio para deixar zona de rebaixamento

Gazeta Press

A partir das 20 horas (de Brasília) desta segunda-feira, São Paulo e Grêmio se enfrentarão no encerramento da 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo, a ser realizado no Morumbi, reúne duas equipes em situações completamente distintas na tabela: os paulistas tentam sair da famigerada zona de rebaixamento, enquanto os gaúchos perseguem o líder Corinthians.

Gazeta Press

Vindo de um sofrido e magro 1 a 0 sobre o Vasco, o São Paulo ocupa o 18º lugar, com 15 pontos ganhos, 16 a menos que o segundo colocado Grêmio, que vem de três resultados positivos seguidos, o último deles um contundente triunfo por 3 a 1 sobre o Vitória, em Salvador.

Animados pelo fim do jejum de vitórias, os jogadores são-paulinos estão cientes de que precisam de mais um resultado positivo em casa para dar sequência à reação no torneio nacional. E não se intimidam com a disparidade entre as campanhas das equipes.

“O São Paulo entra em qualquer jogo para vencer, é grande como o Grêmio. Olhamos para o que podemos fazer, ainda mais em casa, com apoio do torcedor. O Grêmio tem uma grande equipe, uma das sensações, muito difícil de enfrentar, mas temos totais condições de vencer e sair dessa situação. O São Paulo é o favorito, por jogar em casa”, considerou o lateral esquerdo Edimar.

Vencendo o vice-líder em casa, o São Paulo ultrapassará Avaí e Atlético-PR, e automaticamente deixará a zona de descenso, na qual está inserido há cinco rodadas.

Para isso, o técnico Dorival Júnior irá manter a base do time nos últimos jogos. A única mudança será forçada pela lesão no ombro de Wellington Nem, que deverá dar lugar a Marcinho ou Lucas Fernandes no lado direito da linha de três armadores. Já o zagueiro Diego Lugano cumprirá suspensão e não marcará presença nem no banco de reservas.

Comentários