São Paulo e Vasco não chegam a acordo e Diego Souza deve seguir no Tricolor

Gazeta Esportiva.com

Se Diego Souza esteve próximo de retornar ao Vasco, clube que defendeu em 2011 e 2012, depois das conversas na noite dessa sexta-feira, a situação mudou completamente nesse sábado. Tudo porque os dirigentes do clube carioca e do São Paulo não chegaram a um consenso durante as negociações. Dessa forma, a não ser que uma das partes mude de postura, o que é improvável, o meia-atacante seguirá à disposição do Tricolor do Morumbi para o restante da temporada.

A permanência do jogador de 32 anos anos atende o desejo de uma parte considerável dos cartolas são-paulinos. Internamente, o clube estava dividido quanto a questão e, por isso, a negociação teria de ter um aspecto amplamente favorável ao São Paulo para que a transferência fosse concluída.

O investimento na casa dos R$ 10 milhões feito a há apenas pouco mais de três meses influenciou consideravelmente nessa postura. O plano é não depreciar um patrimônio importante, cobrar uma resposta do atleta e ter um pouco mais de paciência na expectativa de uma volta por cima de Diego Souza.

Diego Sousa tem contrato com o São Paulo até o fim de 2019 (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

O Vasco, apesar do interesse público, deixou claro desde o início que não faria grandes esforços. O Cruz-maltino não vive situação financeira confortável e planejou apenas unir o útil ao agradável ao entender que Diego Souza não se adaptou ao São Paulo e poderia ser importante para o grupo do técnico Zé Ricardo.

Dessa forma, o Vasco propôs ficar com jogador por empréstimo até o fim do ano, desde que o São Paulo arcasse com a maior parte do salário, que cheio ultrapassa o teto salarial do clube carioca.

Prontamente o negócio foi recusado pelos dirigentes paulistas, que avisaram: as conversas só avançariam se o Vasco assumisse as despesas com Diego Souza e compensasse o São Paulo de outra maneira, fosse com dinheiro ou com o envolvimento de algum jogador. Nesta segunda opção, o interesse do São Paulo estava focado em Evander, jovem meia vascaíno.

Negativo

A resposta do clube carioca foi negativa para todas as possibilidades colocadas à mesa. O São Paulo, então, deu a negociação como encerrada. Se nenhuma novidade surgir sobre o assunto, como uma espécie de contraproposta de algum dois dos clubes, tudo fica como está.

Nesse sábado, Diego Souza, assim como Jucilei, ficou de fora da lista de relacionados de Diego Aguirre para o confronto com o Ceará, marcado para às 16 horas (horário de Brasília) desse domingo, em Fortaleza, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O camisa 9 tricolor já havia sido descartado pelo técnico uruguaio na estreia da competição nacional, quando o São Paulo venceu o Paraná por 1 a 0 no Morumbi.

Comentários