São Paulo apenas empata com a Chapecoense, mas volta ao G4

Mais uma vez o São Paulo deixou claro que a irregularidade no Campeonato Brasileiro é uma marca do time comandado por Juan Carlos Osorio.

18sampa

Após vencer o terceiro colocado Grêmio, fora de casa, no domingo (13), a equipe parou na marcação da Chapecoense e não saiu de um empate sem gols, nesta quinta-feira (17), no Morumbi, em jogo válido pela 26ª rodada do Nacional.

Apesar do resultado -que gerou insatisfação nos torcedores, que ao fim do jogo xingaram parte da diretoria são-paulina-, o time chegou à quarta colocação após derrota do Flamengo, e voltou ao G-4 do Brasileiro, com 42 pontos, seguido pelos cariocas e pelo Palmeiras -ambos somam 41 pontos.

Nem mesmo os retornos de Rogério Ceni e Luis Fabiano foram capazes de suprir as deficiências do time, que sem a presença de Paulo Henrique Ganso, cortado por dores no joelho direito, não conseguiu colocar criatividade no meio de campo.

Wesley, que ficou com a vaga de Ganso, saiu muito vaiado quando substituido.

“Qualquer equipe vai sofrer quando jogar com um time igual a Chapecoense. Para se livrar disso precisamos de jogadores dribladores como Messi, Neymar, e isso nós não temos”, disse o técnico Osorio irritado na coletiva após a partida.

O São Paulo não parecia nem de perto o time que venceu na última rodada. No primeiro tempo, a equipe de Osorio levou perigo apenas uma vez à meta do goleiro Danilo, em chute de Wesley, aos 17 min.

A etapa final não foi diferente, com muitos erros de passe e dificuldades nas infiltrações. Com as entradas de Centurion e Rogerio, o São Paulo até chegou mais ao ataque, mas mesmo assim correu riscos de sair do Morumbi com uma derrota.

Para se consolidar no grupo dos quatro melhores que se classificam para a Libertadores, o São Paulo tem um duelo contra o Avaí, no domingo (20). No mesmo dia, a Chapecoense encara o Cruzeiro.

Folha.com

Comentários

comentários