São Paulo acerta renovação com Raí e vai manter Diniz em 2020

Lancepress/JP

Raí continuará no São Paulo (Foto: Reprodução/Twitter São Paulo)

O São Paulo definiu nesta sexta-feira que o diretor de futebol Raí terá seu contrato renovado até dezembro de 2020. Com isso, está confirmado também que Fernando Diniz seguirá no clube. A ideia de dar sequência ao treinador agrada à diretoria em geral, mas sobretudo ao ídolo.

Raí acertou sua permanência em reunião com o presidente Leco. Na última quarta-feira, era praticamente certo que ele seria substituído no cargo pelo conselheiro Carlos Belmonte, atual diretor social e responsável pelo bem-sucedido projeto do basquete são-paulino. Leco mudou de ideia ao perceber que a rejeição à ideia de trocar um profissional por um conselheiro era muito grande interna e externamente.

Belmonte seguirá ocupando as funções atuais. Ele tem ótima relação com o presidente, que o enxerga como potencial candidato da situação nas eleições do fim de 2020. Colocá-lo à frente do futebol era uma estratégia para aumentar sua força política e dar sequência a esse plano.

Na reunião que selou a permanência de Raí, também ficou definido que Diego Lugano terá participação mais ativa no dia a dia do futebol. O uruguaio é superintendente de relações institucionais e, embora frequente o CT da Barra Funda e o Morumbi, não costumava estar na “linha de frente” na hora de tomar as principais decisões.

Leco vem sofrendo pressão há tempos para que sejam feitas mudanças significativas na estrutura física e pessoal do CT. A ideia é que elas aconteçam a partir deste mês, com Raí à frente.

Comentários