Santos vence Oeste e vai para folia com vaga nas quartas

Lancepress

A maré esteve para peixe no Pacaembu. Em jogo eletrizante na noite deste sábado de Carnaval, o Santos conseguiu uma virada por 3 a 2 sobre o Oeste e se tornou o primeiro classificado às quartas de final do Campeonato Paulista. A equipe de jorge Sampaoli garantiu o triunfo com gols de Betinho (contra), Derlís González e o gol salvador de Victor Ferraz aos 50 minutos. Bruno Lopes e Matheus Jesus fizeram os gols do Rubrão.

O Santos lidera o Grupo A, com 22 pontos. Já o Oeste estaciona nos 12 pontos, e pode ser ultrapassado neste domingo de Carnaval, caso o São Paulo vença o Bragantino.

As águas rolaram… e muito!
Os jogadores de Santos e Oeste precisaram ter paciência até entrar em campo. O dilúvio que caiu no começo da noite em São Paulo deixou o gramado do Pacaembu completamente alagado, obrigando o árbitro Thiago Duarte Peixoto a adiar o início do duelo várias vezes. Após mais de uma hora de espera e muita água, a bola teve condições de rolar no Pacaembu.

Grito de gol preso na garganta
Os santistas logo mostraram que queriam ditar o ritmo das ações. Cueva cobrou falta rente à trave. Jean Mota, logo depois, perdeu boa chance. Derlís González parou nas mãos de Matheus Cavichioli e, na sobra, Soteldo bateu para fora. Com Cueva marcado, a zaga adversária esfriava o ímpeto santista.

Rubrão chega a fazer carnaval
O Oeste adiantou sua marcação e aproveitou-se de erros santistas para abrir o placar. Bruno Lopes arriscou da intermediária e acertou o ângulo de Vanderlei, que já se mostrara inseguro com os pés.  Em seguida, Mazinho quase ampliou. O Peixe empatou quando Betinho marcou contra. Mas a comemoração parecia mero desengano: no minuto seguinte, Roberto avançou pela direita e Matheus Jesus, em meio a uma zaga desafinada, deixou outra vez o Oeste em vantagem.

Explode, coração!
Sampaoli voltou do intervalo com novidades: Rodrygo e Carlos Sánchez entraram nos lugares de Yuri Lima e Soteldo, respectivamente. Mais veloz e jogando pelos lados, a equipe fez o Oeste se desdobrar em tentativas de Derlís González e Cueva. De tanto pressionar, veio o empate santista. Jean Mota esticou a Victor Ferraz, que cruzou para a área e viu Derlís Gonzáles dar finalização fulminante.

Virada ‘chorada’
A maré pareceu virar para o Peixe na etapa final. Vanderlei tornou-se crucial ao defender cabeçada à queima-roupa de Kanu e finalização de Jheimy. Os santistas partiram para o “abafa” em investidas de Derlís González e Rodrygo. Mas a vaga “chorada” às quartas de final do Paulistão veio nos acréscimos.  Após falha de Matheus Cavichioli, Victor Ferraz desvencilhou-se e bateu rasteiro para o fundo da rede. A folia era santista no Pacaembu.

Comentários