Santa Casa suspende atendimento a partir de amanhã

Por conta do impasse na negociação entre a diretoria da Associação Beneficente de Campo Grande, mantenedora da Santa Casa e a Prefeitura de Campo Grande os serviços ambulatoriais de média complexidade estarão suspensos a partir desta terça-feira (5) para os usuários do SUS (Sistema Único de Saúde).

Atendimentos de média complexidade serão suspensos até que impasse entre governo e prefeitura seja definido. (Foto:Divulgação)
Atendimentos de média complexidade serão suspensos até que impasse entre governo e prefeitura seja definido. (Foto:Divulgação)

Para renovar o contrato de prestação de serviços a instituição afirma que precisa no mínimo de R$ 4 milhões, sendo R$ 3 milhões para os procedimentos de média complexidade e R$ 1 milhão para os de alta complexidade. Por meio da assessoria a Santa Casa afirma que esse é o valor necessário para que o hospital continue funcionando e consiga zerar seu déficit financeiro.

A média diária de atendimentos no ambulatório da Santa Casa de Campo Grande é de 156 pacientes.

Na quinta-feira passada, a Associação entregou um ofício ao secretário municipal de Saúde, comunicando a paralisação.

A decisão da diretoria do hospital também foi encaminhada ao governador do Estado, presidente da Assembléia Legislativa, presidente da Câmara Municipal, às secretarias Estadual e Municipal de Saúde, ao Ministério Público, Procuradoria Geral do Estado, conselhos estadual e municipal de saúde, comissão de saúde da Câmara Municipal e da Assembléia legislativa, Conselho Regional de Medicina, Sindicato dos Médicos e Sindicato dos Enfermeiros.

A outra reivindicação diz respeito às dívidas em atraso que o município tem com o hospital. “Queremos que o município dê uma solução para essa questão, podendo até ocorrer o pagamento de forma parcelada. Um cronograma nesse sentido, se for o caso, tem de ser estabelecido”, afirmou o presidente da ABCG (Associação Beneficente de Campo Grande), Wilson Teslenco.

Luana Campos com informações da Assessoria

Comentários

comentários