Santa Casa adota medidas para ‘desafogar’ Pronto-Socorro

Jefferson Parreira

Portão deve regular entrada de paciente no local

O atendimento a pacientes que chegarem no Pronto-Socorro da Santa Casa em Campo Grande sofrerá mudanças a partir de segunda-feira (29). Portão, guarita e guarda servirão como triagem para priorizar pessoas que precisem de atendimento urgente.

A medida, conforme a assessoria do hospital, deverá ‘desafogar’ o local que recebe, diariamente, milhares de pessoas. O novo modelo de atendimento é uma exigência da prefeitura, parte de um novo contrato com a unidade. Segundo informações da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), o ato jurídico para que a Santa Casa não atenda a chamada demanda espontânea existe desde fevereiro deste ano.

O funcionamento do novo método conta com uma equipe que examinará os pacientes, apontando possíveis deslocamentos, caso necessário, para outras unidades de saúde.

Pessoas que não têm como se locomover serão encaminhadas aos postos de saúde por veículos disponibilizados pela prefeitura.

 

Comentários