Salineiro solicita lista de empresas que receberam incentivos, mas não construíram em Campo Grande

Da Redação/JN

No bairro Indubrasil, que abriga diversas empresas e indústrias, alguns locais têm placas que informam ter recebido incentivos fiscais, porém não há sequer edifício construído. Por isso, foi aprovado pela Câmara Municipal, nesta quinta-feira (1º), um requerimento para que a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia (Sedesc) informe quais são as indústrias que receberam incentivos fiscais para se instalarem em Campo Grande, nas gestões passadas.

A proposição foi do vereador André Salineiro, que disse ter recebido denúncias e foi até o bairro, onde encontrou terrenos com as placas informando incentivos. As indústrias que comprovam trazer desenvolvimento, em forma de emprego e renda, para a cidade são habilitadas para receber incentivos do (Prodes) Programa de Incentivos para o Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande. É a relação das empresas beneficiadas por esse programa nos últimos anos que interessa ao vereador.

“Fiz esse requerimento, atendendo a denúncias feitas pelos cidadãos. Quero saber se as indústrias e fábricas que receberam os incentivos cumpriram aquilo que se comprometeram a fazer. Vamos fiscalizar e caso haja pendência, elas terão que responder ao Executivo por isso. O benefício é dado para que a indústria traga benefício para a sociedade, não é de graça. Tem que haver uma contrapartida”, argumentou Salineiro.

Comentários