Saladão ganhará mais um ponto de vendas para ampliar atendimento que já chega 2 mil pessoas

Lúcio Borges

O projeto Saladão, unidade móvel de comercialização de produtos naturais hortifrutigranjeiro ganhará seu quarto ponto de vendas a partir deste sábado (27), em bairro de Campo Grande. A população da região do Bairro Tiradentes ganhará a abertura do novo ponto de vendas, que estará localizado em frente ao Asilo São João Bosco. Conforme a Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia), responsável por gerenciar e programar a ação, o ônibus estará estacionado durante todo o dia dos sábados, com quase 12 horas de disponibilidade no local.

O secretário da Sedesc, Herbert Assunção, lembra que a ação está há nove meses em atuação, comercializando produtos em três pontos da cidade com objetivo de ir aumentando. Assim, o Programa Saladão será ampliado nesta semana para vendas, economia e saúde, beneficiando a população e os agricultores. A nova abertura anunciada, também abrirá espaços para novos produtores da Capital.

“O Saladão visa levar qualidade de vida e saúde às pessoas através de alimentos saudáveis, com produtos frescos comercializados direto da agricultura familiar da Capital, para a mesa do consumidor. E agora o programa deve beneficiar em muito os produtores ligados às hortas urbanas. Dessa forma, a Prefeitura, através da Sedesc, cumpre seu papel de fomento aos produtores rurais e urbanos”, afirmou o secretário.

Assunção anunciou que a comunidade rural Associação da Comunidade Sucuri – que atualmente fornece produtos ao Programa, terá agora a companhia dos produtores das hortas urbanas, de projeto iniciado também pela atual gestão. “O  Saladão, que  já vinha fomentando horticultura e o fortalecimento da agricultura familiar de Campo Grande, agora amplia sua atuação sócio-econômica com o fortalecimento das hortas urbanas. Em pouco mais de 3 meses de trabalho esse projeto já implantou 11 hortas com cerca de 15 variedades de hortaliças plantadas, totalizando mais de 15 mil  mª beneficiando quase 2 mil pessoas”, explicou.

Estrutura do Projetos

IMG_0026 (Copy)Para viabilizar esse importante trabalho o Programa Saladão utiliza dois veículos: o caminhão refrigerado que transporta os hortifrutis das propriedades para os pontos de vendas, e o Ônibus Saladão, adaptado para ser um mercado itinerante.

Dentro do ônibus os produtos são expostos em caixas colocadas nas gôndolas preparadas para tal fim, permitindo fácil acesso do consumidor aos hortifrutis oferecidos.

A Superintendência do Agronegócio da Sedesc está preparando lançamento de outro ponto de vendas, comercializando apenas produtos orgânicos. Os detalhes estão sendo finalizados com os produtores para que a abertura do novo ponto ocorra em tempo breve.

Serviço

Os dias e horários dos Ônibus saladão estão divididos assim:

Quarta-feira: ao lado da Igreja Perpétuo Socorro;

Quinta-feira: Rua Marquês de Leão 237, Bairro Estrela Dalva, em frente da Incubadora;

Sexta-feira: em frente da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Rua Onicieto Severo Monteiro 460, Vila Margarida.

Sábado: em frente ao Asilo São João Bosco, Avenida José Nogueira Vieira, 1900, Bairro Tiradentes.

Horário de  funcionamento do Saladão:

Das 6h00 às 18 horas.

Comentários