Romário anuncia processo de R$ 75 mi contra a Veja por falsa denúncia

O senador Romário anunciou nesta quinta-feira que irá processar a revista Veja em R$ 75 milhões. A publicação havia divulgado que o ex-jogador possuía uma conta no banco suíço BSI, fato negado pelo próprio Romário e pela própria instituição financeira.

Ex-jogador e atual senador, Romário (PSB-RJ) (Foto: Divulgação)
Ex-jogador e atual senador, Romário (PSB-RJ) (Foto: Divulgação)

“Tem muita gente perguntando sobre o processo contra a revista. O processo continua”, anunciou Romário em sua conta no Twitter. “O processo continua! Estou pedindo na justiça R$ 75 milhões por danos morais e direito de resposta na edição impressa da revista”, completou.

A revista havia publicado a imagem de um extrato bancário, segundo o qual o ex-atacante possuía uma conta não declarada com cerca de R$ 7,5 milhões depositados. O próprio Romário foi à Suíça averiguar o fato com o banco, divulgando a apuração em suas contas nas redes sociais.

“Chateado! Acabei de descobrir aqui em Genebra, na Suíça, que não sou dono dos R$ 7,5 milhões”, ironizou Romário na ocasião. “Agora, aqueles que devem, podem começar a contar as moedinhas, porque a conta vai chegar de todas as formas. Eu não finjo ser decente, não faço de conta ser sério e pareço ser correto. Eu sou”, completou.

Em comunicado divulgado na noite desta quarta-feira, a revista Veja se desculpou com o senador.

“Por ter publicado um documento falso como sendo verdadeiro, Veja pede desculpas ao senador Romário e aos seus leitores. Esse pedido de desculpas não veio antes porque até a tarde desta quarta-feira ainda pairavam perguntas sem respostas sobre a real natureza do extrato, de cuja genuinidade Veja não tinha razões para suspeitar”, declara a nota da publicação.

UOL

Comentários

comentários