Rivellino detona Neymar: ‘Ele devia ficar quieto, o maior babaca é ele’

Um dos maiores jogadores da história do Brasil, Roberto Rivellino não se calou após a reclamação pública feita por Neymar aos críticos da seleção brasileira. Apesar de o craque do Barcelona ter pedido desculpas depois, o ex-jogador não perdoou a atitude do capitão do Brasil e o detonou. Durante o programa “Cartão Verde”, na TV Cultura, na noite desta quinta-feira, onde é comentarista, o ídolo das torcidas do Corinthians e Fluminense criticou duramente o atacante e o chamou de “babaca”, mesmo termo usado pelo jovem nas redes sociais.

riva
Rivellino criticou Neymar e o chamou de babaca Foto: Reprodução / TV Cultura

– Ele usou um termo que eu me senti ofendido, e acho que todos vocês também, com ele chamando a gente de bacaca. Acho que o maior babaca da história é ele. Ele que é o babaca. Tem que construir uma história dentro de uma seleção brasileira pra falar. Até agora não ganhou nada, não deu nenhuma alegria pro povo, então menos. Primeiro constrói a sua história, tenta dar um título para o povo brasileiro e depois aí pode reclamar um pouco – detonou.

Neymar usou duras palavras no Instagram, logo após a derrota do Brasil para o Peru por 1 a 0 e a consequente eliminação precoce na Copa América Centenário, no último domingo. O craque não jogou a competição porque não conseguiu liberação do Barcelona. Enquanto o Brasil jogava, ele aproveitava as férias e se divertia com os amigos. Uma das festas aconteceu em Las Vegas, enquanto a seleção brasileira entrava em campo contra os peruanos. Rivellino não gostou da postura do atacante.

– Em se tratando de Neymar, uma pessoa pública, um ídolo, acho que ele devia nesse momento ficar quieto. Perdeu um grande momento de ficar quieto. É uma coisa que marca na carreira dele, não é bom pra ele, é um excelente jogador, mas acho que a preocupação dele tem que ser mais no campo do que fora. Na vida dele tá mais preocupado com o fora do campo do que dentro de campo, então isso é preocupante e não dá para perdoar, não – disse.

Rivellino ainda detonou da vida de ostentação do jogador e ainda comentou sobre os processos na Justiça contra Neymar.

– E aquele negócio, a ostentação. Quando o fisco confiscou o carro dele, um Porche, chegou dois dias depois e tava com uma Ferrari tirando foto. Acho sem necessidade alguma, porque não vejo isso em outros jogadores maiores que ele, como Messi, Cristiano Ronaldo, Suárez, Ibra. Ele, sendo o maior jogador brasileiro, sendo um cara ídolo, com crianças e mais crianças que gostam dele, acho que tem que tomar mais cuidado e focar a carreira dele mais dentro do campo – falou.

O ex-jogador ainda duvidou que o próprio Neymar tenha escrito a mensagem de desculpas nas redes sociais.

– A primeira parte, que ele ofende, que ele agride todos nós, era ele, foi ele que escreveu. A segunda parte [pedido de desculpas], acredito que não foi ele, outra pessoa acho que redigiu – disse.

Comentários

comentários