Ricardo Ayache anuncia saída do PT para ser candidato a prefeito da Capital

O presidente da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul) Ricardo Ayache, vai anunciar nesta terça-feira, 18, a saída do Partido dos Trabalhores, depois de 14 anos de filiação.

O presidente da Cassems Ricardo Ayache anuncia nesta terça-feira, 18, a saída do PT para disputar a Prefeitura da Capital
O presidente da Cassems Ricardo Ayache anuncia nesta terça-feira, 18, a saída do PT para disputar a Prefeitura da Capital

Tudo indica que ele deve sair para ter maior chance na disputa à Prefeitura nas eleições em 2016. Nos bastidores há especulações de que ele iria para o PTB, presidido por Ivan Louzada, mas nos últimos dias as conversas ficaram mais intensas sobre sua filiação no PSB ,da deputada federal Tereza Cristina.

Ayache que ficou em segundo lugar na corrida aoSenado, pelo PT, no ano passado, superando a votação do ex-prefeito cassado de Campo Grande, Alcides Bernal. Ele teve 281.022 votos, atingindo 23% dos válidos, perdendo apenas para a eleita Simone Tebet (PMDB).

Ele é médico cardiologista e assumiu a presidência da Cassems após a saída do ex-deputado Lauro Davi, que deixou a entidade justamente para disputar as eleições em 2010.

De qualquer forma seu destino partidário não deve ser conhecido agora, considerando que ele terá até o início de outubro, um ano antes das eleições, para se filiar a um partido político para poder disputar a Prefeitura da Capital.

Comentários

comentários