Reynaldo Gianecchini revela que viveu romances com homens

VEJA/JP

Reynaldo Gianecchini vive Régis em ‘A Dona do Pedaço’ (Foto: Victor Pollak/TV Globo)

O ator Reynaldo Gianecchini falou sobre sua sexualidade em entrevista publicada neste domingo, 29, no jornal O Globo. “Já tive, sim, romances com homens e acho que é esse o momento de dizer isso”, declarou. O intérprete de Régis, da novela A Dona do Pedaço, acrescentou que nunca se sentiu obrigado a “empunhar a bandeira da homossexualidade”: “O desejo para mim não passa pelo gênero e nem pela idade”.

O ator de 46 anos também comentou a pressão para que expusesse sua vida pessoal e defendeu sua privacidade. “Me cobram muito, ‘quando é que você vai sair do armário?’. Primeiro, quero falar para essas pessoas: antes de você achar tão interessante a sexualidade dos outros, dá uma olhadinha na sua. Talvez ela tenha mais nuances do que você pensa”, afirmou, ressaltando que a sua sexualidade “não cabe numa gaveta”. “E não tenho vontade de falar com quem estou transando, não preciso falar. Prezo minha liberdade de não citar nomes e proteger minha privacidade.”

Gianecchini lembrou que “já falavam coisas” sobre ele desde a época em que era casado com a apresentadora Marília Gabriela e aproveitou para enfatizar que não vivia uma relação “de fachada” com a jornalista. “Eu era casado pra caramba, nunca vi um casamento tão inteiro, a gente vivia realmente uma história a dois de verdade.”

Caso José Mayer

Na entrevista, o ator também defendeu o colega José Mayer, que não teve o seu contrato renovado com a Globo após ser acusado de assédio pela figurinista Su Tonani. “Acho que foi injusta essa história. Eu estava na novela junto com o Zé e duvido que ele tenha sido agressivo, passando do ponto no assédio. Há diferenças entre assédio e cantadas. Hoje enxergo uma comoção que não contribui para a verdade.”

Comentários