Revitalização do Centro de Convenções pode gerar economia anual de R$ 144 mil

Da Redação/JN

O governador Reinaldo Azambuja assinou nesta segunda-feira (2.4) um contrato com a Energisa para o Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo participar do Programa de Eficiência Energética. O local receberá ainda um investimento do Ministério do Turismo para tornar o prédio acessível para pessoas com deficiência.

Convênio foi firmado entre Governo e Energisa para readequações no prédio Foto Chico Ribeiro

“Lá acontecem grandes eventos e hoje temos um problema no sistema de refrigeração. Para nós, essa assinatura é uma vitória. Vamos ter uma melhoria na qualidade para os usuários, para os eventos de cultura, entretenimento e lazer e uma redução dos custos”, afirmou Reinaldo Azambuja.

Por meio do Programa de Eficiência Energética, todo o sistema de ar condicionado, refrigeração e iluminação será substituído por aparelhos mais modernos. Serão instalados 1.450 luminárias e lâmpadas led e 16 aparelhos de ar condicionado novos de grande porte. O investimento será de R$ 797.854,55.

De acordo com o diretor-presidente da Energisa, Marcelo Vinhaes Monteiro, a economia prevista após a implantação é de 30%, ou R$ 12 mil/mês. Os custos são todos de responsabilidade da concessionária.

​​​​​Regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel​) e desenvolvido pela Energisa, o Programa incentiva o uso adequado e eficiente da energia elétrica​, sem desperdícios.

De acordo com o secretário do Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, o prédio será totalmente revitalizado no prazo de um ano. “Nós temos três problemas no Centro de Convenções que serão solucionados: refrigeração; acessibilidade; e o carpete, que vamos licitar”, disse.

Para o diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur-MS), órgão vinculado à pasta, Bruno Wendling, o investimento vem ao encontro da necessidade do Centro de Convenções, “de modernização”.

“É fundamental a redução de custo que essas mudanças geram, além disso, vamos entregar ao público um espaço mais confortável e moderno, o que contribui para a captação de eventos nacionais e internacionais”.

Mais acessível

Jaime Verruck anunciou que o Centro de Convenções receberá também investimento de R$ 2 milhões do Ministério do Turismo para as novas normas de acessibilidade. Os banheiros serão adaptados, assim como elevador, corrimões e saídas de emergência.

O investimento irá preparar o Centro de Convenções para o maior evento sobre incêndiuos Florestais do mundo, o WildFire 2019, que será realizado pela primeira vez na América Latina

Inaugurado em 1994, o Centro de Convenções localizado no Parque dos Poderes possui quatro auditórios e uma capacidade total de 1.488 pessoas. O prédio também possui uma área de 1.726 m² para exposições, eventos e feiras, além de restaurante, lanchonete, sala VIP, sala de imprensa e ambulatório para emergências médicas. Confira as fotos.

 

Comentários

comentários