Revelação do atletismo de 18 anos é encontrada morta em casa

LANCENET/JN

Alana Maranhão foi finalista no Mundial Sub-18 no Quênia, em 2017

Revelação do atletismo brasileiro, Alana Maranhão foi encontrada morta em sua casa, em Paranavaí, no Paraná, no último domingo. Ela tinha 18 anos e competia no lançamento de dardo. Segundo relatório do Instituto Médico-Legal (IML), a jovem foi encontrada com sinais de enforcamento.

Alana Maranhão competia no lançamento de dardo (Foto: IAAF/Divulgação)
Foto: LANCE!

O corpo foi velado nesta segunda-feira, na Capela Santa Maria, e o sepultamento será nesta terça-feira, às 9h, no Cemitério Municipal de Paranavaí.

Em 2017, aos 16 anos, Alana foi medalhista de prata no Campeonato Sul-Americano Sub-18 e chegou à final do Mundial Sub-18, em Nairóbi, no Quênia, lançando o dardo a 50,97m, quando terminou em 11º.

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) lamentou a morte da atleta e e registrou “o mais profundo pesar em nome da comunidade do atletismo pelo ocorrido e deixa condolências aos familiares e amigos”.

Comentários