Reunião entre Santa Casa e prefeitura para assinatura de contrato deve acontecer à tarde

Secretário-adjunto da Sesau, Antônio Lastória, explica o repasse feito à Santa Casa
Secretário-adjunto da Sesau, Antônio Lastória, explica o repasse feito à Santa Casa

A Prefeitura de Campo Grande realizou reunião, no fim da manhã de hoje (24), com representantes da Santa Casa de Campo Grande para definir o contrato de repasses feitos ao hospital, que passará a receber do Poder Público R$ 20 milhões mensais.

Com a participação da Prefeitura, Governo Estadual e da União, o contrato deve ser assinado na tarde de hoje.

De acordo com o secretário-adjunto da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Antônio Lastória, o contrato deve ser definido ainda hoje, faltando apenas pontos entre os gestores e os entes federados. Participaram da reunião, também, o secretário de governo, Paulo Matos, e o presidente da Associação Beneficente de Campo Grande, Wilson Telesco.

A Prefeitura intermediou as reuniões para que o atendimento à população seja garantido. Ainda há a previsão de reunião com o Ministério da Saúde, na semana que vem, para ampliar ainda mais os investimentos no hospital. Os repasses feitos à Santa Casa são divididos entre o Poder Municipal, Estadual e Federal, sendo que a Prefeitura repassa R$ 5 milhões mensais.

Comentários

comentários