Reservas do Inter surpreendem o Santos e vão às semifinais da Copa do Brasil

Time de G-4 praticamente completo contra time que briga contra o Z-4 e ainda vai a campo com os reservas. Prognóstico fácil, não? Pois bem, por isso o futebol é apaixonante. Contra todas as expectativas, o Internacional surpreendeu e fez exatamente o que era preciso: 2 a 0 diante do Santos, carimbando sua vaga nas semifinais da Copa do Brasil.

inter
ESPN

Agora, o Internacional terá pela frente o Atlético-MG, que precisou dos pênaltis para passar pelo Juventude também nesta quarta. Os duelos estão marcados para os dias 26 de outubro e 2 de novembro. Os mandos serão definidos em sorteio nesta quinta-feira pela manhã.

A classificação era tão inesperada que nem mesmo a torcida lotou o Beira-Rio, como vem fazendo na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Quem não foi ao estádio, porém, perdeu uma classificação quase que heroica.

O sinal de que a surpresa estava por vir veio aos 8 minutos do primeiro tempo, com Sasha perdendo um gol incrível, sozinho de frente para o gol. Um minuto depois, porém, Aylon mostrou como se faz. Alex cobrou escanteio pela esquerda, e o atacante apareceu sozinho no meio da área para cabecear cruzado, no cantinho, sem chances para o goleiro Vanderlei.

O Inter se fechou com a vantagem, mas sempre se mostrou bem mais perigoso. Até que fechou a fatura aos 42 minutos do segundo tempo. Em um contra-ataque de cartilha, Vitinho rolou a bola na direita e deixou Eduardo Sasha sozinho. Com categoria, o centroavante deu um toque por cima do goleiro para definir a classificação.

Mas apesar de todo o merecido favoritismo do Santos, a verdade é que o Inter vive um momento mágico no Beira-Rio. Com a torcida lotando o estádio no Brasileirão, o time colorado já vinha de três vitórias consecutivas em casa, com direito a pênalti defendido e muito sofrimento em duelo direto contra o Coritiba e também a vitória sobre o vice-líder Flamengo no último final de semana.

Triunfos que até tiraram o Inter da zona de rebaixamento do Brasileirão. O time é agora o primeiro fora da degola com 36 pontos, um a mais que o Vitória. No domingo, o compromisso é em Porto Alegre, mas fora de casa, no clássico contra o Grêmio

Já o Santos agora coloca toda a sua atenção no Campeonato Brasileiro. A equipe está em quarto lugar e vê o título muito distante, mas deve lutar até o fim para ficar pelo menos em terceiro, o que lhe daria vaga direta na fase de grupos da próxima Libertadores. Hoje, o Atlético-MG está com essa posição, com um ponto de vantagem.

O próximo compromisso dos paulistas é também no domingo, diante da Chapecoense, em Santa Catarina.

FICHA TÉCNICA:
INTERNACIONAL 2 X 0 SANTOS

Local:Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 19 de outubro de 2016, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)
Cartões amarelos: Andrigo (Inter)
Público: 15.065 pagantes.
Renda: R$ 188.390,00.
GOLS: INTERNACIONAL: Aylon, aos 9 do primeiro tempo, e Eduardo Sasha, aos 42 minutos do segundo tempo.

INTERNACIONAL:Danilo Fernandes; Eduardo (Ceará), Alan, Ernando e Geferson; Fabinho, Eduardo Henrique, Alex, Andrigo (Valdívia) e Eduardo Sasha; Aylon (Vitinho). Técnico: Celso Roth

SANTOS:Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz (Rafael Longuine), Luiz Felipe e Zeca (Rodrigão); Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Paulinho (Joel), Copete e Ricardo Oliveira. Técnico:Dorival Júnior

Comentários

comentários